Docentes dbio/deca & Professores convidados

O corpo docente responsável pelas Unidades de Formação em causa é altamente credibilizado, contando com reconhecidos especialistas e profissionais, portugueses e também de outras nacionalidades, afetos ao Ensino e/ou exercendo no mercado de trabalho com mérito.

A diversidade de temáticas/especializações e metodologias permite ao aluno entrar em contato com uma experiência acumulada que dificilmente comparável ou sequer encontrada no plano do Ensino Superior em Portugal.

Docentes CFIC

​Fernando Correia (dbio/Univ. de Aveiro)

(Técnicas de Ilustração I e II, Ilustração Botânica, Ilustração Paleontológica,

Seminário I e II)

Biólogo, docente do Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro e especialista em Ilustração Científica (IC) e Design de Comunicação, é Diretor do Laboratório de Ilustração Científica e Coordenador do Curso de Formação em IC (do Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro.
Responsável pela reintrodução da IC enquanto disciplina integrada no plano curricular do Ensino Superior moderno português (Univ. de Évora, Métodos de Desenho Biológico); formador em mais de 80 cursos e workshops de IC entre 1994 e 2012.
Com mais de 85 publicações em autoria única e mais de 30 em co-autoria, entre artigos e livros. Participou em mais de 70 exposições (coletivas e individuais) a nível nacional/internacional – nos EUA, Brasil, Argentina e na Europa (UK, Espanha, França e Itália). Foi galardoado com vários prémios/distinções em Portugal, Estados Unidos e Europa (UK e Espanha), dos quais destaca o mais recente prémio (científico) — Prémio Museu do Mar Rei D. Carlos (2013) — pela obra sobre macro-algas da costa portuguesa e escrita em co-autoria com Leonel Pereira (FCTUC/UC).

Marcos Antônio Santos-Silva (Brasil; Professor Convidado)

 (Ilustração Zoológica)

Professor do Instituto de Ciências Biológicas/Universidade de Brasília, docente e fundador/coordenador do Núcleo de Ilustração Científica do Instituto de Ciências Biológicas (Universidade de Brasília, Brasil).
Profissional de craveira internacional e professor convidado em diversos cursos de Ilustração Científica em outras instituições de ensino superior brasileiras (Univ. de São Paulo; Instituto de Pesquisa da Amazônia/INPA,  Manaus, entre outras), é também especialista em ilustração botânica (Royal Botanic Gardens, Kew, UK) , graças à atribuição de uma Bolsa Artística pela emérita Fundação Botânica Margaret Mee.

É dos poucos ilustradores científicos brasileiros a quem foi atribuido o prestigiante FON Award (Jury & Purchase;  XI Focus on Nature). Autor de inúmeras pranchas zoológicas, produziu ainda vários ensaios escritos e a sua obra mais recente, ainda em publicação, é o «Guia Ilustrado de Mamíferos do Amapá».

Paulo Ormindo (Brasil; Professor Convidado)
(Ilustração Botânica)

Chefe do Departamento de Artes e docente do Curso de Belas Artes do Instituto de Ciências Humanas e Sociais, da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.
Especialista de renome, no Brasil e além fronteiras, no domínio da Ilustração Botânica, é também Professor convidado no Programa de Ilustração Botânica da Escola Nacional de Botânica Tropical, do Instituto de Pesquisa Jardim Botânico do Rio de Janeiro.
Autor de inúmeras pranchas botânicas, de invulgar beleza e correção científica, produziu ainda vários ensaios escritos e deu à estampa vários livros, dos quais se destacam as "Orquideas da chapada diamantina" (2005) ou o excelente "Árvores notáveis  - 200 anos do Jardim Botânico do Rio de Janeiro” (2009), obra que foi galardoada a nível nacional com o prestigiante prémio Jabuti, promovido pela Camara Brasileira de Livros.

​Joana Quental (deca/Univ. de Aveiro)

(A Ilustração como meio de Comunicação)

Joana Quental é designer, ilustradora e docente na Universidade de Aveiro.

É licenciada em Design de Comunicação e mestre em Arte Multimédia. Concluiu em 2009 o doutoramento com a tese “A Ilustração enquanto processo e pensamento. Autoria e interpretação”. Tem participado em conferências, seminários e exposições.

Em 1997, recebeu uma Menção Honrosa no Concurso Nacional de Ilustração Infantil promovido pelo IPLB e IBBY, e em 2012, o 1º Prémio para Cartaz para o ano pastoral 2012  (Santuário de Fátima).

Enquanto designer e ilustradora, desenvolveu trabalhos com as editoras Campo das Letras, Porto Editora e Zero a Oito.

Actualmente, tem como principal interesse de investigação a comunicação da saúde às crianças, recorrendo à ilustração.

​Joana Gonçalves (FCSH/Univ. Nova de Lisboa; Professora convidada)

(Ilustração Arqueológica)

Biólogo, docente do Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro e especialista em Ilustração Científica (IC) e Design de Comunicação, é Diretor do Laboratório de Ilustração Científica e Coordenador do Curso de Formação em IC (do Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro.
Responsável pela reintrodução da IC enquanto disciplina integrada no plano curricular do Ensino Superior moderno português (Univ. de Évora, Métodos de Desenho Biológico); formador em mais de 80 cursos e workshops de IC entre 1994 e 2012.
Com mais de 85 publicações em autoria única e mais de 30 em co-autoria, entre artigos e livros. Galardoado com vários prémios/distinções em Portugal, Estados Unidos e Europa (UK e Espanha), participou em mais de 70 exposições (coletivas e individuais) a nível nacional/internacional – nos EUA, Brasil, Argentina e na Europa (UK, Espanha, França e Itália).

Fernando Morgado (dbio/Univ. Aveiro)

(Zoologia Geral - invertebrados)

Professor no Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro, desde 1984, e Professor Associado, de nomeação definitiva, com Agregação, do Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro. Como investigador está também integrado no Centro de Estudos do Ambiente e do Mar, Laboratório Associado da UA.

Domínios de especialização: (principal) Ecologia marinha e estuarina, (outros) Ecologia e Biologia planctónica. Atuais interesses de investigação:  Ecotoxicologia aquática, Ecologia planctónica e Educação Ambiental.

Publicou  9 livros, 22 capítulos de livros, 50 artigos em revistas científicas em revistas indexadas no ISI Web of Knowledge, entre muitos outros artigos.

É Diretor do Mestrado em Biologia Marinha, lecionando várias disciplinas dos 1.º, 2.º e 3.º ciclos de ensino no DBIO, relacionadas com a Conservação e Gestão de Recursos Naturais, ecologia e biologia planctónica, ecotoxicologia aquática e educação ambiental.  

Pós-graduação (orientação): foi/é orientador/responsável científico de 27 alunos mestrado, 6 de doutoramento e 1 pós-doutoramento.

Carlos Fonseca (dbio/Univ. Aveiro)

(Zoologia Geral - vertebrados)

Professor Auxiliar com Agregação do Departamento de Biologia (DBIO) da Universidade de Aveiro (UA) e investigador integrado do Centro de Estudos do Ambiente e do Mar, Laboratório Associado da UA. É vogal da Comissão Executiva do FBIO e Diretor do Mestrado em Ecologia Aplicada. Leciona várias disciplinas dos 1.º, 2.º e 3.º ciclos de ensino no DBIO, relacionadas com a Conservação e Gestão de Recursos Naturais. Coordena a Unidade de Vida Selvagem, que integra 8 investigadores Pós-Doc, 10 alunos de doutoramento, 15 de mestrado e cerca de 7 estagiários e alunos de pesquisa, com diversos projetos a decorrer em várias regiões do país, em Espanha, França, Noruega, Cabo Verde, Moçambique e Brasil.

Publicou  9 livros, 8 capítulos de livros, 47 artigos em revistas científicas internacionais entre muitos outros artigos. É co-fundador e co-editor da revista científica Wildlife Biology in Practice.

António Calado (dbio/Univ. Aveiro)

(Botânica Geral - principios básicos)

 

Professor Auxiliar no Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro, onde exerce funções docentes na área da Botânica sensu lato desde 1985.

Desenvolve actividades de investigação principalmente nos domínios da ecologia, sistemática e filogenia das microalgas e outros protistas.

É especialista no grupo dos dinoflagelados (Dinophyceae), em particular nos aspectos de mecanismos de alimentação, organização ultrastrutural e filogenia. Utiliza rotineiramente variadas técnicas de microscopia, quer óptica, quer electrónica de varrimento e de transmissão, e lecciona a vários níveis sobre estas matérias.

Publica os seus resultados nas principais revistas internacionais de Ficologia e Protistologia, para as quais é frequentemente solicitado a rever artigos.
 

Helena Silva (dbio/Univ. Aveiro)

(Botânica Geral - plantas vasculares)

Helena Silva é licenciada e doutorada em Biologia pela Universidade de Aveiro, onde exerce funções docentes desde 1987. Desde esta data tem lecionado diversas disciplinas, na área da botânica, aos cursos de formação inicial e pós-graduada, sendo autora de algumas publicações, nacionais e internacionais,  de caracter pedagógico e divulgação de ciência.

Tem desenvolvido investigação  na área da botânica das plantas vasculares, destacando-se a coordenação de um projeto sobre a flora de Timor Leste, sendo autora de diversas publicações nacionais e internacionais nesta área.

Salomé Almeida (dbio/Univ. Aveiro)

(Botânica Geral - algas)

Professora Auxiliar do Departamento de Biologia, da Universidade de Aveiro, desenvolvendo trabalho na área da Ecologia e taxonomia de diatomáceas de água doce.

É a Diretora da Licenciatura em Biologia/Geologia. Lecionação ao nível dos 1º (licenciatura) e 2º (mestrado) ciclos no Departamento de Biologia. Orientação de alunos de doutoramento (3º ciclo) e de pos-doutoramento.

Publicação de cerca de 30 artigos científicos.

Membro efetivo da Unidade de Investigação GeoBioTec (Geobiociências, Geoengenharias e Geotecnologias).

Participação em projetos científicos relacionados com a aplicação de diaotmáceas como indicadoras de qualidade da água doce bem como nos trabalhos de implementação da Diretiva Quadro da Água (DQA) em Portugal.

 

Amadeu Soares (dbio/Univ. Aveiro)

(Seminários I e II)

Doutor em Zoologia (University of Sheffield, 1989), com Agregação em Zoologia pela Universidade de Coimbra (1997), é Professor Catedrático na Univ. de Aveiro desde 2004. Dirige, desde 2001, o Departamento de Biologia da UA, onde lidera o grupo de pesquisa em Ecotoxicologia e Biodiversidade Funcional.
Já orientou ou coorientou 38 doutorandos/as e 52 mestrandos/as e foi responsável científico por mais de 20 pesquisadores em pós-doutoramento. É autor/ coautor de mais de 280 artigos no ISI Web of Science.
Galardoado com vários prémios, pela sua carreira científica, destaca o Prémio Estímulo à Excelência  (2004, Ministério da Ciência e Ensino Superior de Portugal),  o SETAC Special Award, for the outstanding contribution for the environmental society (2007), o Galardão Gulbenkian/Oceanário de Lisboa: Governação Sustentável dos Oceanos. Responsabilidade Solidária; Capacitar para Conservar (2010) e, mais recentemente, o  SETAC-Europe Environmental Education Award (2013).